Bem vindo

Bem vindo ao site Tudo sobre Marketing, aqui você encontrará o melhor do marketing digital, marketing tradicional, marketing de guerrilha e muito mais, fique ligado nas atualizações e aprenda, compartilhe nas redes sociais, um abraço!
Márcio Costa
especialista em marketing digital - SEO
Consultoria de SEO para empresas

Aprenda em 4 passos como fazer marketing de conteúdo para fidelizar seus clientes

Quem não gostaria que  o  conteúdo que a sua empresa oferece fosse capaz de atrair as pessoas e que esse conteúdo não somente atraísse mas também transformasse essas pessoas em clientes? Ainda mais, gostaria que esses clientes se tornassem fiéis?

Existe a possibilidade de você estar cometendo alguns erros no marketing de conteúdo do seu blog que podem estar impactando diretamente as vendas da sua empresa.

Por isso, é importante que você preste bem atenção se quiser descobrir como mudar essa situação e multiplicar seu faturamento.

Nesta postagem sobre fidelização de clientes você vai descobrir exatamente como fazer marketing de conteúdo para fidelizar clientes em 4 passos. Basta seguir estes passos que eu vou apresentar e você já verá resultados nas suas vendas.

Continue lendo este artigo para aprender estes 4 passos que você deve seguir:

Passo 1: Defina bem quem são os seus clientes

Passo 2: Aprenda a se comunicar com eles

Passo 3: Construa uma oferta irresistível

Passo 4: Surpreenda seu cliente

Marketing-Conteudo

O QUE É  O MARKETING DE CONTEÚDO?

Talvez você ainda não saiba o que é e como fazer marketing de conteúdo. Não se preocupe que este é momento que tudo ficará claro pra você.

Vamos começar pelo conceito de marketing de conteúdo.

Marketing de conteúdo nada mais é do que uma estratégia cada vez mais usada para vender produtos/serviços através da criação de conteúdo que atrai, envolve e estimula o usuário a realizar uma ação desejada pela empresa.

Mas o marketing de conteúdo só atingirá o seu objetivo se o conteúdo oferecido tiver valor e relevância para o seu público-alvo. Eu vou te explicar isso mais a frente. Esse conteúdo pode ser feito em vários formatos como artigos de blogs, posts no Facebook, vídeos com dicas e muito mais.

O benefício que o marketing de conteúdo traz para a sua empresa é muito grande. Através dele, sua marca ganha mais credibilidade e uma percepção positiva para sua empresa. Além disso, o marketing de conteúdo é capaz de gerar mais vendas e aumentar o faturamento a empresa.

Passo 1: Defina bem quem são os seus clientes

Toda empresa possui um público-alvo definido para que suas ações atinjam essas pessoas e gerem nelas o desejo de comprar. Geralmente, o público-alvo das empresas é formado através de informações como faixa etária, sexo, escolaridade, região, classe social.

Mas para que estas pessoas sintam o desejo de comprar com a sua empresa é necessário que elas sejam impactadas com conteúdo, que vá de encontro às suas necessidades, ou seja, conteúdo que resolva um problema que elas têm. E com os dados que a definição de público-alvo fornece isso é impossível de acontecer. É um público muito amplo com necessidades diversas.

Pra resolver este problema é necessário que sua empresa faça a segmentação deste público-alvo, ou seja, detalhe o máximo possível as características destas pessoas.

Crie personas ou avatares que represente cada grupo diferente dentro do seu público-alvo e produza os seus conteúdos pensando nelas. A cada persona ou avatar dê um nome e características bem definidas como:

  1. Do que ela tem medo?
  2. Quais são suas necessidades e desejos?
  3. Como é a rotina dela?
  4. Como é o ambiente de trabalho dela?

Se a sua empresa possui vários produtos que não se encaixam em um único tipo de persona crie quantas personas forem necessárias. Isso dá um pouco de trabalho mas trará um impacto enorme na captação e fidelização desses clientes. Isso acontece porque quando uma empresa consegue entender um cliente, ela tem a admiração e confiança dele. E isso é um fator indispensável pra qualquer venda.

Passo 2: Aprenda a se comunicar com eles

Depois de definir bem quem são os seus clientes, o próximo passo é saber se comunicar com eles.

Com a sua persona definida é possível criar soluções relevantes para as necessidades e desejos dessa persona e distribuir gratuitamente através de artigos de blog, vídeos e posts nas redes sociais.

Por exemplo, se sua empresa tem três tipos de cursos online voltados para mulheres, uma das suas personas poderia ser uma mãe que trabalha fora, sofre pressão no trabalho e quando chega em casa ainda tem dificuldades em lidar com seus filhos. Pensando nisso, crie um artigo ou vídeo dando dicas para esse tipo de situação e no final ofereça seu curso que trata melhor do assunto.

Consegue ver como uma persona bem definida potencializa a sua comunicação com clientes e possíveis clientes? Teria um resultado muito menor se sua empresa mandasse um email para todas as mulheres em geral sobre um assunto tão específico.

Uma dica: Não use a segmentação somente para produzir conteúdos, utilize também nos seus anúncios e veja os resultados.

Passo 3: Construa uma oferta irresistível

Baseado na segmentação do seu público que é a persona crie uma oferta irresistível para ela. Mas criar uma oferta não é simplesmente fazer um anúncio de um produto com as especificações técnicas e preço. Uma oferta vai muito além disso. É ela quem diferencia os pequenos e grandes faturamentos.

Lembre-se disso: Oferta é diferente de produto!

A oferta é como você vende o seu produto/serviço. Não é a descrição do produto.

Quando a empresa sabe as dores e sonhos das suas personas ela cria uma oferta que solucione seus problemas ou realize sonhos. Por exemplo, uma academia não vende aula de spinning, aparelhos de musculação ou um personal trainer. Ela vende beleza, bem-estar e o sonho realizado das mulheres de se sentirem bem e bonitas.

Uma boa oferta vende em massa! Aumente o valor da sua oferta e a sua taxa de vendas será muito maior. Quando digo valor não me refiro a preço, mas sim, ao valor percebido pelo cliente do seu produto/serviço. O cliente tem que perceber que o que você está vendendo tem um valor muito maior do que o preço que ele tem que pagar.

Existem 3 fatores que aumentam o valor percebido de uma oferta:

  1. ser autoridade na área em que atua;
  2. prova social (vários clientes falando bem da sua empresa);
  3. evidência (prova concreta de que seu produto/serviço funciona ou é bom).

Passo 4: Surpreenda seu cliente

O último passo para aprender como fazer marketing de conteúdo para fidelizar clientes é surpreender seus clientes.

Se você implementar o passo anterior e realmente entregar o que foi prometido, o seu cliente já estará muito feliz e satisfeito. Mas se você quiser cativá-lo de vez entregue além do prometido.

Dê a ele algo que ele não esperava e que vai ajudá-lo ainda mais. Isso pode ser feito através de um conteúdo extra, um bônus ou um brinde. Se engaje em agradar seus clientes e eles retribuirão através de novas vendas, depoimentos e indicações.

Recapitulando…

Então a sequência de um bom marketing de conteúdo é:

Passo 1: Defina bem quem são os seus clientes através da criação de personas ou avatares, ou seja, segmente seu público-alvo;

Passo 2: Aprenda a se comunicar com eles através de um conteúdo que solucione problemas, que toquem na “dor” do potencial cliente;

Passo 3: Construa uma oferta irresistível através do aumento do valor percebido do seu produto/serviço e;

Passo 4: Surpreenda seu cliente entregando mais do que o prometido.

Conheça as 10 marcas mais escolhidas pelos consumidores

O ranking global Brand Footprint, elaborado pela Kantar Worldpanel este ano elegeu pelo terceiro ano seguido a coca-cola como a marca mais escolhida do mundo.

Foram avaliadas 11 mil marcas, de 200 diferentes categorias, em 35 países. Essa amostragem representa 63% da população mundial e 68% do Produto Interno Bruto (PIB) global.

O top 10 é dominado por grandes companhias como Unilever (três marcas),Pepsico e Nestlé (duas marcas cada). Ainda há a Coca-Cola Company, a Colgate-Palmolive Company e a P&G.

1. Coca-ColaLogo-Coca-Colla-Brand-300x188

Empresa: The Coca-Cola Company

Penetração: 43,3% / Frequência: 13,4

2. Colgate

Empresa: Colgate-Palmolive Company

Penetração: 64,6% / Frequência: 6,3

3. Maggi

Empresa: Nestlé

Penetração: 32,7% / Frequência: 8,6

4. Lifebuoy

Empresa: Unilever

Penetração: 26,5% / Frequência: 8,9

5. Nescafé

Empresa: Nestlé

Penetração: 22,8% / Frequência: 9,5

6. Pepsi

Empresa: Pepsico

Penetração: 24,6% / Frequência: 8,2

7. Lay’s

Empresa: Pepsico

Penetração: 27,2% / Frequência: 6,5

8. Knorr

Empresa: Unilever

Penetração: 29,4% / Frequência: 5,7

9. Dove

Empresa: Unilever

Penetração: 34,7% / Frequência: 4,3

10. Tide

Empresa: P&G

Penetração: 29,8% / Frequência: 4,9

8 super ferramentas de marketing digital

Separamos 8 super ferramentas de marketing digital que vão abrir um leque de possibilidades para você empreendedor digital, essas ferramentas te auxiliaram no monitoramento, gerenciamento, análise e assim por diante.

Quick Sprout 

Não sabe avaliar se seu site está se saindo bem em buscas ou se tem boa performance? O Quick Sprout faz isso para você, aponta erros, sugere correções e ainda compara com três concorrentes para você melhorar seu tráfego orgânico.

Mail Chimp

Você construiu um bom mailing e gostaria de mandar novidades para esse pessoal, mas não sabe como fazer isso sem pagar uma empresa especializada em disparar e-mails marketing. O MailChimp dispara para até 2.000 emails e disponibiliza templates que te ajudam a construir uma newsletter profissional – incluindo testes A/B.

SEM Rush 

Descubra que palavras chave os seus concorrentes estão comprando e monte um plano de Adwords a prova de bala com o SEM Rush

Social Mention

Fornece em tempo real a busca por menções de uma marca específica em blogs, microblogs, imagens, vídeos, perguntas e sites de bookmarking.

Alertas do Google

O recurso Google Alerts poupa o trabalho de visitar o website para executar repetidamente as mesmas pesquisas. Crie um alerta neste recurso e fique por dentro das últimas notícias sobre seus concorrentes, recebendo tudo em sua caixa de entrada de e-mail. Ele monitora websites, discussões, e-books, blogs, vídeos. E o melhor: é gratuito.

SpyFu

Permite que você veja até seis anos de dados sobre as palavras-chave de seus concorrentes, os rankings e anúncios usados, o que poderá ajudá-lo com suas campanhas de PPC e SEO para sua publicidade. Há uma ferramenta gratuita limitada, mas você deverá se cadastrar no website e pagar, se quiser acessar uma inteligência competitiva mais avançada.

Google Analytics

Esta ferramenta ajuda a conhecer melhor o público alvo de uma empresa quando o site gera um tráfego suficiente. Se você ainda não utiliza essa ferramenta em seu site, saiba que é gratuita, fornecida pelo Google e de fácil implementação. Uma vez instalada em seu site, você conseguira analisar a idade dos visitantes, o gênero e os interesses deles.

Google Trends

E uma outra ferramenta gratuita do Google focada em tendências: ajuda a traçar um comparativo entre as varias regiões, países e períodos de tempo para entender as tendências sazonais e não sazonais na pesquisa de um determinado assunto. Possibilita a análise de períodos retrógrados de tempo de até 8 anos.

Conheça os 8 aplicativos essenciais para profissionais de marketing de mídia social

Separamos neste post os 8 aplicativos essenciais para profissionais de marketing de mídia social, quem trabalha com esse tipo de marketing deve estar sempre ativos, pois essa é uma necessidade imposta pela característica dinâmica das mídias sociais, se você está encarregado de gerenciar marcas na web essas ferramentas sem dúvidas podem salvar o seu pescoço em momentos de emergência.

Se você for acionado a noite ou nos finais de semana, seu telefone deve estar preparado para realizar tarefas essenciais caso não tenha um computador por perto. Independentemente de você ser um gerente de mídia social experiente ou que está apenas começando, esses 8 aplicativos podem ajudá-lo nestes momentos.

Aplicativos-e-Mobilidade

1) Feedly

Se a sua organização tem um blog, você já tem muito conteúdo interessante para compartilhar. Mesmo assim, um dos grandes motivos pelos quais as pessoas seguem marcas é para encontrar notícias interessantes, envolventes e relevantes do seu setor. O Feedly ajuda você a organizar conteúdo externo por RSS para obter histórias atuais dos sites que você adiciona. Eu uso o Feedly devido à sua categorização simplificada, a possibilidade de marcar publicações como “salvar para mais tarde” e a facilidade incrível de compartilhar conteúdo.

2) Google Translate

Muitas organizações hoje em dia são internacionais, mundiais ou globais. Por isso é sempre bom ter um aplicativo de tradução disponível. O Google Translate está aí para ajudar, e o aplicativo acabou de receber algumas atualizações incríveis, incluindo a capacidade de apontar sua câmera para uma placa ou menu para o aplicativo traduzir o texto para você.

3) Bitly

O Bitly é incrivelmente útil para encurtar seus links ou verificar as análises de cliques. Ele também é essencial se você possui um URL personalizado. Você pode até mesmo editar e atualizar URLs personalizados diretamente do seu smartphone, de forma que você veja uma palavra relacionada ao link, em vez de uma série de letras e números.

4) Buffer

Com o Buffer, nunca foi tão fácil programar o envio de tweets, publicações do Facebook ou publicações do Google+. Ele não apenas simplifica a programação de publicações, mas também permite você possa arrastar e soltar publicações para ajustar sua fila.

5) Wunderlist

Todo mundo precisa de uma lista de coisas a fazer. Eu já experimentei listas digitais e escritas, mas o Wunderlist realmente se destaca. Você pode definir tarefas recorrentes e lembretes, atribuir tarefas a outras pessoas, ou priorizar seu trabalho usando classificação por estrelas.

6) Trello

Nossas equipes usam os painéis do Trello por diversos motivos. Nossa equipe de blog usa ele como um calendário editorial, ajudando a organizar ideias e acompanhar o que está em produção e o que foi publicado. Ele também permite a atribuição de publicações a qualquer pessoa que as estiver escrevendo e adicionar notas como novas informações sobre uma atribuição. Com o Trello, eu tenho uma visão global do conteúdo que está chegando e que poderei compartilhar em nossos canais sociais.

7) Google Drive

Com o Google Drive, eu posso facilmente salvar, fazer download ou compartilhar arquivos que serão convertidos em publicações sociais. Eu também adoro a facilidade para colaborar com colegas da equipe por meio de comentários. O pacote de produtividade de cada organização será diferente, e tanto a Apple quanto a Microsoft também têm aplicativos que complementam seus pacotes.

8) Autodesk Pixlr

A aparência é um componente essencial da maioria das estratégias sociais e os gerentes de mídia social estão publicando em diversos canais com diferentes requisitos de tamanho. O Pixlr é um dos poucos aplicativos de edição que permitem que os usuários especifiquem a largura e altura ao redimensionar uma imagem. Ele também inclui opções de ajuste padrão, efeitos divertidos e sobreposições de texto.